Pequenos (gigantes) produtores rurais

A cidade de Itabirito tem na mineração sua atividade econômica mais tradicional.
Entretanto, a agropecuária e a agroindústria têm aumentado em importância nas últimas
décadas, graças ao trabalho realizado em pequenas propriedades rurais onde se plantam
cana-de-açúcar, milho, laranja, banana, café, frutas diversas, hortaliças e uma infinidade de
outras culturas menos conhecidas.

Você já comeu, por exemplo, pinhão? E broto de samambaia? “Quiliu”? Pinhão é a semente
do pinheiro-do-paraná, que é um item típico das festas juninas por ser bastante energético.
A samambaia, muito provavelmente, seja uma velha conhecida e você só não sabia que os
brotos são comestíveis. Cozidos, fazem um bom acompanhamento para angu de moinho
d’água. Agora… se você ficou curioso para saber e comer o quiliu, vamos contar do que se
trata. Havia um senhor de nome Quiliu que batia de porta em porta em Itabirito para
oferecer o inhame que ele mesmo plantava. Como era uma pessoa muito querida da
população, os moradores começaram a chamar o inhame de quiliu e assim ficou até hoje.
Causos que fazem a nossa querida Itabirito ser Itabirito – única e pitoresca.

Essas e outras plantas comestíveis pouco conhecidas podem ser encontrados aqui na
Mercearia Paraopeba, nas suas respectivas épocas e esse é um dos pilares do nosso
trabalho: o respeito ao que é da nossa terra, produzido pela nossa gente. Por isso, num
momento em que o ser humano procura reconectar-se com suas raízes e em que
agrobiodiversidade, saudabilidade e ingredientes locais se transformaram em palavras de
ordem na busca por uma vida mais sustentável, a gente vê que está fazendo certo desde
sempre. E aí, cada vez que entra um freguês e leva um cadim desses produtos, a gente vê
que vale a pena todo o esforço para conseguir o que há de mais típico na região para
preservar a cultura gastronômica da nossa terra.

Isso só é possível porque os produtores rurais confiam na gente e no nosso trabalho,
trazendo seus produtos e, muitas vezes, trocando-os por outros disponíveis aqui na
Paraopeba. Sim, porque aqui, até o comércio é feito à moda antiga, no sistema de
escambo. Então, da próxima vez que quiser um ingrediente local, já sabe onde encontrar!
Enquanto houver produção na região, vai ter aqui na Mercearia Paraopeba.

Pra gente é sempre um prazer receber um pequeno produtor rural que nos traz seus produtos.
Junto ele nos traz causos, simplicidade que nos ensinam e, claro, produtos de primeira linha.
Exemplo disso é o nosso querido Geruminho, que nos fornece quiliu e batata doce. Viva os
nossos pequenos e guerreiros produtores rurais!

Leave a comment